Coronavírus: Escolas de samba confeccionam capotes descartáveis para profissionais da saúde

FOTO-MATÉRIA-COSTUREIRAS
http://prefeitura.rio/saude

As Escolas de Samba Unidos de Padre Miguel e Vila Isabel confeccionam capotes descartáveis para profissionais da saúde no combate ao Coronavírus. A ideia surgiu da dificuldade de encontrar o produto no mercado. A RioSaúde fornecerá a matéria-prima, além de máscaras e álcool gel para as costureiras. A produção começa neste domingo (05/04) e na segunda (06/04) a RioSaúde terá a primeira remessa de capotes hospitalares para distribuição em suas unidades. O Hospital  Ronaldo Gazolla é referência no tratamento da Covid-19, utiliza 2 mil capotes por dia e é um material descartável que necessita de reposição constante.

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s